Buscar
  • Talita Gantus

A deusa natureza  


Foto: Bruno Fernandes



O ser-humano na sua supremacia

Queria ser deus, ele dizia

Sem saber nem perceber

Não reconhecia

O próprio deus que em si residia.

E da natureza se distanciava

Como observador narrador

Na terceira pessoa do singular.

O mundo, a natureza, os animais

Ignora-se que parte da Terra também faz

E assim a modifica

Da forma mais vil e egoísta

Na sua lógica imediatista.

O rio que corre e escorre

Como gotas de sangue e lágrima

O tempo geológico é paciente.

O agora se modifica

Concomitantemente

À nossa transformação

Que ainda não foi capaz de perceber

Que a natureza é a deusa de todo ser.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Janelinha

Pessoa