Buscar
  • Talita Gantus

Epitáfio político

Resolvi ser poesia

Pra derrubar muros

Abrir portas

Construir pontes

E arrancar as cercas

Que nos privam de viver e de amar


Resolvi ser poesia

Pra lutar contra hegemonias

Que na tentativa de serem empecilhos

Pro desenrolar orgânico de um mundo menos desigual

Só fazem ser alimento

Que alimenta a fome de justiça


Resolvi ser poesia

Pra driblar o medo

Derrubar as ordens

Grandes

Pequenas

E igualmente bestiais


Resolvi ser poesia

Porque nesse mundo

De distorcida supremacia

Ainda se acredita

Que estar à esquerda

Ou à direita

São questões centrais


Resolvi ser poesia

Na sua força mais bruta

Pra salvar o acaso

E os pacifistas

Que em uma homeopática atitude

Acreditam

Que resistência ainda é luta!


Porto Alegre, 2018. Dois dias depois de uma baita crise de angústia e dois dias antes da defesa do mestrado em Curitiba. Essa viagem bem tumultuada foi um respiro necessário. Foto tirada pela querida Fer.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Janelinha

Pessoa