Buscar
  • Talita Gantus

Humano pós-moderno 



O humano pós-moderno

Um hieroglifo morto e vivo

Se questiona: morro ou vivo?

E nesse afã de mudar as coisas

Sente um elã que vem de dentro

E o tira da inércia

Decide então se jogar

Experienciar.

A engrenagem que sustenta a sociedade

De repente, para este humano pós-moderno,

Passa a girar no sentido oposto

E nesse achar-se

É sempre um perder-se a si próprio

Mas o humano moderno decidiu por partir

E se encontrar.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Janelinha

Pessoa